DATA INTELLIGENCE

O novo paradigma de Business Intelligence na era digital

Dentro de uma economia resolutamente digital com ciclos mais e mais rápidos, as empresas enfrentam novos desafios em relação à informação.

Finanças e Investimento - os mercados de capitais, gestão de ativos, gestão privada, fundos, instituições, empresas, financiadores especializados, intermediários são confrontados com cada vez maiores restrições regulamentares. Além disso, as margens estão sendo continuamente erodidas, devido ao aparecimento de novos negócios: os mercados emergentes, intermediários, de baixo custo, e etc.

Até agora, uma boa gestão do risco era o suficiente para garantir o crescimento e a rentabilidade de suas atividades. Hoje, a busca de novos modelos de negócios está se tornando uma necessidade.

A Keyrus auxilia as empresas na implementação de meios humanos, organizacionais e tecnológicos que lhes permitam reforçar a sua capacidade de medir e agir de acordo com os controladores reais de desempenho.

Dar suporte as empresas para dominar e analisar seus dados. Ajudar a valorizar suas informações para aumentar as suas receitas e desempenho geral.

Big Data & Analytics: processamento e análise de dados enormes e multi-estruturados

Um número crescente de fontes, novos formatos, volumes de dados que são cada vez mais diversificados representam o traço visível mais direto de mudança digital da sociedade. Uma prioridade indiscutível na agenda dos tomadores de decisão, as oportunidades são enormes, mas os desafios também o são. Convencidos de que os vencedores de amanhã vão transformar novos conhecimentos em ações concretas, a Keyrus auxilia empresas de toda a cadeia de valor em seus projetos de Big Data e Analytics.

ANÁLISE DE BIG DATA

“Machine learning" ou aprendizagem automática

A utilização conjunta de grandes quantidades de informação e de algoritmos de aprendizagem relativamente simples torna possível para resolver problemas que, até pouco tempo atrás, eram considerados insolúveis.

Uma grande disciplina da inteligência artificial, a aprendizagem automática ocupa-se da análise de dados exploratórios para as mais sofisticadas técnicas de inferência - modelos gráficos hierárquicos - e de classificação ou de regressão - aprendizado profundo, ou Support Vector Machine (SVM). A aprendizagem automática permite à empresa trabalhar com eficientes modelos de análise preditiva e prescritiva para antecipar e otimizar seus processos de decisão, custos e receitas.

ANÁLISE DE BIG DATA

Gestão de Desempenho Empresarial: conecte todos os processos da empresa

O gerenciamento do desempenho empresarial exige decisões baseadas em evidências para levar a cabo estratégias da empresa. Estas estratégias podem aumentar as receitas, reduzir custos, racionalizar as atividades de negócios e ajudar as organizações a alcançar seus objetivos de forma competitiva.

Submetidas como estão à constante pressão para tomar decisões de forma ágil, as empresas e os indivíduos encontram-se mergulhados em ecossistemas cada vez mais complexos. Consequentemente elas devem acelerar a sua capacidade de medir e alocar recursos da empresa corretamente ao mesmo tempo, conectando os processos à suas principais funções. Este é um grande desafio de Gestão de Desempenho Empresarial! 

GESTÃO DE DESEMPENHO EMPRESARIAL

A análise preditiva: uma alavanca para a antecipação e otimização de tomada de decisões

O conceito de análise preditiva está estreitamente ligado às noções de "mineração de dados", que já estão familiarizadas na esfera de Business Intelligence de TI. O progresso em algoritmos hoje permite que inferências sejam estendidas para além da análise das tendências retrospectivas. O objetivo agora é ajudar as empresas a obter um resultado potencial e antecipatório, a fim de produzir, em seguida, os métodos de previsão e de tomada de decisão automaticamente, com base em resultados da análise de dados.

ANÁLISE DE BIG DATA

Visualização de Dados: a última etapa na análise de dados

Para orientar o foco para o que é mais importante para atingir uma tomada de decisão rápida e ideal: este é o objetivo de visualização de dados.

Em 80% dos casos em empresas, a apresentação dos dados é limitada à representações gráficas tradicionais - curvas, histogramas, áreas, gráficos de pizza e nuvens de pontos.

As ferramentas utilizadas nas empresas oferecem uma escolha limitada de representações gráficas que se revelam ineficazes e sem impacto.

As ligações existentes entre business intelligence, visualização de dados e o cérebro são mecanismos inerentes envolvidos ao consultar uma análise que contém elementos gráficos, um relatório ou um painel. Estes mecanismos são Percepção Visual e Visual Thinking.

Sem visualização de dados, não é possível interpretar os resultados da análise de Big Data de maneira inteligível e simples.

BUSINESS INTELLIGENCE

Business Intelligence e Gestão de Informação: a conexão do Business Intelligence e SI (Sistemas de informação)

Em seu desenvolvimento dinâmico, o BI está passando por mudanças dentro das organizações, tendo um papel cada vez mais estratégico.

Planilhas, abordagens de visualização interativa, pesquisa e ferramentas de descoberta de dados....o desenvolvimento no sentido de self-service de BI está em andamento. Mais do que nunca, os usuários tornaram-se atores de pleno direito na valorização dos dados. Convencida de que esta mudança vai ocorrer de forma ainda mais rápida, a Keyrus ajuda seus clientes a desenvolver suas habilidades e desenvolver a maturidade de sua organização.

BUSINESS INTELLIGENCE

Cientista de dados: um perfil científico que cria valor para a empresa

Um perfil estratégico raro e em demanda, cientistas de dados permitem que as empresas tecnológicas e inovadoras enfrentem o maior problema da nova economia digital: o do desenvolvimento da rede de dados.

Em 2014, a Keyrus juntou forças com a École Polytechnique, em parceria com a Orange e Thales, para criar uma vaga para formação de cientista de dados e treinar a futura geração. O objetivo deste curso é apoiar programas de formação em ciências de dados aplicados à "Big Data". A Ciência de Dados é uma graduação, portanto, representa uma nova oportunidade de recrutamento para organizações, sejam elas privadas ou públicas.